Tiffany leva Bauru à vitória sobre o Pinheiros

Primeira transexual a jogar na Superliga de vôlei feminino, Tiffany foi a principal destaque da vitória de Bauru sobre o Pinheiros por 3 sets a 1 com parciais de 25/18, 25/22, 24/26 e 25/16 em partida disputada nesta terça-feira no Panela de Pressão. Foi a segunda partida dela na competição. Na primeira, ela marcou 15 na derrota do time do interior paulista para o São Caetano por 3 a 2. Nos dois jogos somados, ela totaliza 40 pontos, o que faz dela a terceira maior pontuadora em média. Ela tem 4,44 pontos por set, atrás apenas da líder Tandara, de Osasco, que tem 5,02, e Bruna Honório, do Pinheiros, que tem 4,47.




O desempenho de Tiffani foi impressionante. Dos 25 pontos marcados por ela, 24 foram de ataque e apenas um de bloqueio. Para se ter uma ideia, a jogadora de Bauru que fez mais pontos na partida depois dela foram Paula Pequeno e Yona Palacio, que somaram nove acertos, quase um terço da companheira. Na equipe do Pinheiros, Bruna Honório e Mari marcaram 11 pontos cada uma.

No primeiro set, Tiffany mostrou sua força ao marcar oito pontos na vitória de 25 a 18 de Bauru. No segundo, ela fez seis e o time fez 2 a 0 ao fechar a segunda parcial em 25 a 22. No terceiro, a jogadora não foi bem, marcou um único ponto e o Pinheiros conseguiu reagir e fechar em 26 a 24. Mas, no quarto set, Tiffany voltou a desequilibrar. Com dez pontos da transexual, o time do interior venceu por 25 a 16.

Apesar da vitória importante, Bauru continua em nono lugar na classificação da Superliga. A equipe soma 13 pontos, um a menos do que o São Caetano, que surpreendeu nesta terça-feira ao derrotar o Minas por 3 a 2 no ABC.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: