Cruzeiro bate o lanterna Maringá sem dificuldades




O Riachão esteve mais uma vez colorido de azul neste sábado (20), pela terceira rodada do returno da Superliga. O Sada Cruzeiro recebeu o Maringá e contou com o apoio da torcida estrelada para buscar sua 12ª vitória no Brasileiro, que lidera agora com 37 pontos, um a mais que o vice-líder Sesc RJ. O confronto acabou 3 sets a 1 para o Sada, mais líder do que nunca. Substituindo Uriarte, Fernando Cachopa foi o grande destaque da partida, premiado com o Troféu Viva Vôlei.

Nos primeiros dois sets do confronto, o equilíbrio predominou em quadra até mais do que esperado. Sem Uriarte, e com o jovem levantador Cachopa, o Cruzeiro não começou da maneira agressiva de costume. A dupla cubana Simón e Leal demorou a engrenar na partida, mas mesmo assim, o time conseguiu vencer o 1º set por vantagem mínima: 25×23. O 2º set, no entanto, foi marcado pelo exagero de erros do Cruzeiro. A equipe paranaense aproveitou e beliscou seu set em parcial de 25 x 21.

Com o empate no placar, os donos da casa entraram definitivamente no jogo e passaram a dominá-lo. Fernando Cachopa foi o destaque. Combinando muito bem com Leal e Evandro, o levantador conseguiu ser peça fundamental na vitória. Cachopa saiu de quadra com o Troféu Viva Vôlei, de melhor jogador. No set de afirmação, o Cruzeiro aplicou 25 x 17 com autoridade. Para fechar a vitória e manter seu posto de líder da competição, o time fez 25 x 19. 3 sets a 1 e mais três pontos para a Raposa.

Invicto em casa na temporada, o elenco cruzeirense manteve o bom desempenho em seus domínios e seguiu com tranquilidade na primeira colocação da Superliga. O time de Maringá é o lanterna e ainda não venceu na competição, somando apenas dois pontos na tabela.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: