Maria Elisa/Carol conquistam um belo prêmio de R$ 45 Mil no Circuito Brasileiro




Maria Elisa e Carolina Solberg (RJ) começaram o ano como haviam terminado 2017, vencendo mais uma etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia. Jogando em Fortaleza (CE), a dupla superou Ágatha e Duda (PR/SE) por 2 sets a 1 (15/21, 21/10, 15/13), em 52 minutos na manhã deste domingo (28.01). A medalha de bronze ficou com Taiana e Julia Sude (CE/ALE).
 
O resultado amplia a liderança de Maria/Carol no ranking geral, que soma a pontuação obtida em cada etapa e define o campeão da temporada. A dupla atingiu 1.520 pontos, contra 1.360 de Ágatha e Duda. Este é o segundo ouro de etapa do Circuito Brasileiro para Maria e Carol, que venceram no final de 2017 em Itapema (SC), além de terem sido vice-campeãs nas paradas de Campo Grande (MS) e Natal (RN).
 
Com a medalha de ouro, Maria Elisa e Carol Solberg recebem 400 pontos no ranking geral e um prêmio de R$ 45 mil. Já Duda e Ágatha, vice-campeãs, somam 360 pontos e levam para casa pouco mais de de R$ 29 mil em premiação, enquanto o bronze de Taiana e Julia rende R$ um prêmio de R$ 20 mil e 320 pontos na classificação.
 
A campanha da dupla em Fortaleza (CE) contou com seis vitórias, cinco delas por 2 sets a 0. Após a comemoração no pódio, Carolina comentou a vitória de virada e analisou a decisão.



“Foi um jogo muito duro, não jogamos bem no primeiro set. Nosso jogo não estava entrando, mas tivemos paciência para ajustar o que não estava funcionando. No segundo set sacamos melhor e a virada de bola também funcionou. Nós queremos melhorar a cada torneio, estamos neste processo. Conseguimos colocar em prática o que fizemos nos treinos. O barato de jogar é justamente saber que uma ajuda a outra a tentar se superar. Ágatha e Duda são um time muito forte. Agora é hora de abrir o olho, temos uma boa regularidade, mas ainda estamos no começo. Temos que pensa ponto a ponto, jogo a jogo e torneio a torneio”, destacou.


Maria Elisa também comentou a importância da vitória para fortalecer o time visando o Circuito Mundial e elogiou o técnico da dupla, Luciano Kioday.
 
“O Kioday consegue se desdobrar em várias funções e vem se mostrando um grande treinador. É uma energia muito boa que ele passa para a gente nos treinos. A preleção dele tem sido muito bacana. Dentro de quadra é um espelho do que vivemos todos os dias. Estou treinando muito e estudando os times, isso tem me deixado bastante preparada para as partidas. Estamos mostrando o potencial do nosso time e vencer é importante, é nossa renda. Estamos em busca de patrocinadores para poder ter uma comissão técnica forte”.
 
O bronze de Taiana e Julia Sude deixou a torcida dividida, já que do outro lado também estava uma atleta cearense. Mas a vitória por 2 sets a 1 (21/12, 18/21, 15/9), em 47 minutos, sobre Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE) teve sabor de ‘ouro’ para a dupla formada provisoriamente.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: