O Brasil largou bem na temporada 2018 do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia




As finais do Grand Slam de Nova Viçosa (BA), primeira etapa da temporada, aconteceram neste domingo (21.01). No naipe feminino, domínio total do país com ouro para Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), prata para Tainá/Victoria (SE/MS) e bronze com Lili/Josi (ES/SC). Entre os homens, prata para Fernandão e Ramon Gomes (ES/RJ).

As disputas neste domingo começaram às 9h, com as semifinais. Ana Patrícia e Rebecca conquistaram a vaga para final ao eliminarem Josi e Lili por 2 sets a 0 (21/17, 21/17). Na decisão do ouro, levaram a melhor sobre Tainá e Victoria por 2 sets a 1 (21/13, 15/21, 15/4). Antes, na semi, Tainá e Victoria haviam vencido Juliana e Andressa (CE/PB) por 2 a 0 (21/17, 21/15). A mineira Ana Patrícia analisou o título em Nova Viçosa.

“Começamos o torneio com uma derrota logo de cara. E foi justamente para Tainá e Victoria, que enfrentaríamos na final mais tarde. O nível foi altíssimo, tivemos as melhores duplas da América do Sul, além de vários times do Brasil. Equipes que conhecemos e que nos conhecem bem, também. Sabíamos que seria difícil, mas conseguimos dar nosso melhor e começar o ano com o pé direito, motivadas por um título logo de cara”, disse Ana Patrícia.

Na disputa da medalha de bronze, melhor para Josi e Lili, que superaram a estreante dupla de Juliana e Andressa por 2 sets a 0 (21/16, 21/18) e completaram o pódio todo brasileiro. Apesar disso, o Brasil soma apenas 200 pontos da dupla mais bem colocada (Ana Patrícia/Rebecca) para o ranking geral que define o país campeão da temporada.

Entre os homens, Fernandão e Ramon Gomes lutaram muito, mas acabaram superados na decisão pelos argentinos Capogrosso/Azaad por 2 sets a 1 (18/21, 21/16, 15/12). Na semifinal, a dupla brasileira havia vencido os chilenos Marco e Esteban Grimalt por 2 sets a 0 (21/14, 30/28). O Brasil soma 180 pontos no ranking geral com a conquista da medalha de prata.

“Estamos felizes com o pódio, mesmo não sendo o resultado que buscamos. Mas é o primeiro torneio do ano, temos algumas coisas para acertar, evoluir, já que não estávamos treinando juntos. Temos um planejamento de realizarmos períodos treinando juntos para que o entrosamento aumente, visando resultados ainda melhor para a etapa de Fortaleza (CE) do Circuito Brasileiro, além da etapa de Coquimbo (Chile) do Sul-Americano”, disse Ramon.

O campeão olímpico Ricardo, em parceria pontual com George, acabou na quarta colocação. Eles sofreram duas derrotas neste domingo. Na semifinal, foram batidos pelos argentinos Capogrosso/Azaad por 2 sets a 0 (26/24, 21/11), e na disputa do bronze, horas mais tarde, acabaram vencidos pelos chilenos Grimalt por 2 sets a 0 (21/15, 21/16).

O ranking geral do Circuito Sul-Americano é feito apenas para os países, contando a pontuação da dupla mais bem colocada das nações em cada parada, mesmo que um país tenha mais de uma dupla no pódio. Os campeões de cada torneio somam 200 pontos, o vice, 180, o terceiro colocado, 160, reduzindo 20 pontos em cada posição seguinte.

SITE OFICIAL DA CONFEDERAÇÃO SUL-AMERICANA DE VOLEIBOL
http://voleysur.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: