abril 2021 - Vôlei Ao vivo é aqui!
  • Type:

Mês: abril 2021

Seleção Brasileira Masculina segue treinos sem Renan

A Seleção Brasileira Masculina de Vôlei encerrou nesta quinta-feira o primeiro treino de 10 dias nos treinamentos no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). O grupo, atualmente formado por 18 atletas, teve um período maior de treinamento em virtude da pandemia da covid-19 e, seguindo protocolo de segurança e na busca por manter um sistema controlado, passou 10 dias seguidos no CT – diferente do esquema de folga todos os finais de semana, como era de costume.




Com o técnico Renan Dal Zotto ainda ausente em recuperação da COVID-19, o comando do grupo fica a cargo dos assistentes Ricardo Tabach e Carlos Schwanke.

Segundo Tabach, a chegada dos novos atletas permite que o trabalho seja ainda mais intensificado. “Estávamos com alguns convocados e mais cinco atletas que vieram como convidados e com a chegada dos jogadores que disputaram a final da Superliga, passamos a ter um grupo maior para trabalhar. Todos chegaram em um bom ritmo, justamente porque tiveram um intervalo de cerca de uma semana apenas, e isso é importante no processo de preparação Apesar do período curto de folga, todos tiveram a responsabilidade de se cuidar fisicamente e também se apresentaram muito motivados”, disse.

A Liga das Nações será realizada em sistema de bolha anunciada pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB) na cidade de Rimini, na Itália, em ambos os naipes. A competição acontecerá entre os dias 25 de maio e 27 de junho. O objetivo da entidade máxima do voleibol é permitir que as equipes joguem as partidas em total segurança durante todo o período do evento.
Na última edição do evento disputada em 2019, o Brasil ficou com a medalha de prata no feminino e em quarto lugar no masculino.
Fonte da matéria:  superesportes

 




Renan dal Zotto piora e é intubado de novo

O técnico da seleção masculina de vôlei, Renan dal Zotto, voltou a ser sedado e intubado domingo (25), apresentando “melhoras leves” do quadro respiratório nesta segunda-feira (26), conforme nota divulgada pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Diagnosticado com o (covid-19), o treinador está internado há dez dias no Hospital Samaritano Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro.




O técnico testou positivo para a covid-19 no último dia 13 de abril, inicialmente com sintomas leves, quando integrava a preparação da seleção masculina no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). O ex-jogador tomou a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus (covid-19) e aguardava o calendário para tomar a segunda dose.

Devido à baixa saturação de oxigênio, Renan foi intubado no último dia 19. Após cinco dias, ele foi entubado no último sábado (24), mas no dia seguinte teve uma “piora no padrão respiratório”, segundo o comunicado da CBV, levando-o a uma nova intubação.



Encerrado: CIVITANOVA vs PERUGIA – 24-04-2021



Hoje sábado, 24 de abril (18h) Civitanova-Perugia, será disputada a 4ª partida da final do Scudetto de vôlei masculino. Lube lidera a série 2-1 e por isso tem a oportunidade de fechar as contas dentro das paredes amigáveis ​​do Fórum Eurosuole : os cozinheiros vão ganhar o tricolor se conseguirem vencer esta noite , enquanto os Block Devils são forçados a vencer para arrastar o concurso para o belo playoff decisivo.

Nesta série, o fator casa sempre saltou: os Marches conquistaram o PalaBarton em duas ocasiões, os Umbrians devolveram o favor na corrida-2. Há três dias os homens do CT Chicco Blengini dominavam por toda parte na casa dos rivais e parecem os favoritos naturais da véspera, mas cuidado com o desejo de vingança de um Perugia ferido, mas ainda vivo e ansioso para estender a série.

O Perugia precisa do campeão Wilfredo Leon, ladeado pelo oposto Aleksandar Atanasijevic, agora de volta à liderança. Também precisaremos da melhor direção de Dragan Travica e das fundas do rebatedor Oleg Plotnytskyi. Civitanova vai contar, em particular, com os spikers Osmany Juantorena e Yoandy Leal, ao lado de Kamil Rychlicki, do realizador Luciano De Cecco (grande ex), do central Robertlandy Simon.



O Perugia anunciou a contratação da oposto Valentina Diouf

O Perugia anunciou, nesta sexta-feira, a contratação da oposto Valentina Diouf. Depois de duas temporadas na Coreia do Sul, a jogadora de 28 anos volta ao vôlei italiano. Valentina Diouf também teve uma passagem pelo mercado brasileiro no Sesi Bauru. O contrato tem duração de um ano.

Hoje ao vivo nas redes sociais, Bartoccini Perugia apresenta Valentina Diouf, que retorna à Itália após duas temporadas na Coreia e uma no Brasil.



Após três temporadas no exterior (uma no Brasil e duas na Coreia do Sul, Valentina Diouf assina pelo Perugia e volta oficialmente ao campeonato italiano.

 

Origem senegalesa

Valentina Diouf é uma jogadora de vôlei italiana nascida em 10 de janeiro de 1993 em Milão. Ela tem 2,02 m de altura e atua como uma atacante. Seu pai é do Senegal.

 

Carreira da Jogadora

O tão esperado retorno de Valentina Diouf que, em sua carreira, também vestiu as camisas do Club Italia, Bergamo, Modena e Busto Arsizio e que agora se prepara para empacotar a camisa preta da equipe da Umbria.



Tifanny decide defender o Osasco e revela desejo de jogar com Bernadinho

Em entrevista ao site “Globo Esporte”, a atacante contou que durante os últimos anos, recebeu propostas de quatro clubes que queriam contar com ela no time, mas que depois de analisar as possibilidades, resolveu se juntar ao Osasco.
A publicação ainda destaca que o acerto ainda não foi oficializado ainda nem pelo clube e nem pela jogadora, mas afirma que o time paulista será mesmo o destino da jogadora, uma das 10 maiores pontuadoras da última edição da Superliga.



Tifanny, ex-Sesi-Bauru revelou seu desejo de trabalhar ao lado de Bernardinho no Flamengo, mas essa meta de carreira terá que ser realizada depois. Isso porque ela escolheu se transferir para o Osasco.
Quando comentou sobre seu desejo de trabalhar com Bernardinho, Tifanny disse que não somente os atletas brasileiros querem jogar com Bernardinho, mas também os estrangeiros têm esse objetivo.
“Acho que não só atletas brasileiros, mas muitos estrangeiros sonham jogar com o Bernardo. Ele é um gênio do esporte. Tive o prazer de jogar este último ano com o Rubinho, que tem um jeito muito parecido no modo de trabalhar – apesar de ser mais calmo, mais tranquilo, enquanto o Bernardo é um pouco mais agitado”, contou.
Fonte/; Sportbuzz



AO VIVO: JF Vôlei x Brasília: veja onde assistir à final da Superliga B





Equipes se enfrentam a partir das 18h desta segunda-feira, em jogo único, no Ginásio do Riacho, em Contagem. Sportv transmite a partida.

A segunda-feira é de decisão na Superliga masculina B. JF Vôlei e Brasília entram em quadra para disputar o título da competição. Com o acesso à elite do voleibol nacional já garantido, as equipes lutam pela taça em jogo único.




Leal apagado, Civitanova perde 2º jogo da final

No segundo jogo da final do Campeonato Italiano de vôlei da atual temporada, o Lube Civitanova, time do brasileiro Leal, perdeu em casa para o Perugia por 3 sets a 2 (25/21, 21/25, 25/27, 25/23 e 12/15) neste domingo (18) e desperdiçou a chance de ficar a apenas uma vitória do título.

Leal teve uma atuação discreta. Foram apenas 10 pontos anotados em cinco sets, contra 18 no jogo anterior. O Civitanova contou com 20 pontos do central Simon e 20 do oposto Kamil Rychlicki, mas não conseguiu encontrar uma resposta para o cubano naturalizado polonês Wilfredo Leon, autor de incríveis 38 pontos nesse domingo.




A terceira partida da série melhor de cinco da final do Campeonato Italiano acontece nesta quarta-feira (18). O duelo será o segundo com mando de quadra do Perugia, que por ter feito melhor campanha na fase de classificação joga três de até cinco jogos em seu ginásio. Na abertura da decisão em seu ginásio, a equipe foi supreendida pelo Civitanova, que venceu por 3 sets a 1.

Font: Olimpiadas Todo Dia



Rosamaria diz ter recuperado o “tesão” de jogar na seleção

Convocada pelo técnico José Roberto Guimarães para a temporada que começará no próximo mês, com a Liga das Nações, na cidade de Rimini, na Itália, a oposta Rosamaria está pronta para lutar por uma vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

“Estava com muitas saudades de Saquarema. Ter ficado afastada me fez entender o quanto gosto de estar aqui. Esse tempo longe serviu para voltar a ter esse tesão, essa vontade. Hoje eu tenho prazer de treinar, de jogar, de dar os meus 100% e de evoluir. Em 2018, 2019, não estava sentindo isso”, admite Rosamaria.”



A Liga das Nações será uma competição importante para ganhar a total confiança de Zé Roberto e o carimbo no passaporte para Tóquio. “O objetivo é continuar trabalhando e ralando muito. Quero sair, ou permanecer no grupo, com a consciência de que fiz tudo o que podia. Tem muita coisa ainda para acontecer, mas só o nível dos treinos já te faz evoluir demais. Estou bem feliz por estar aqui agora”.

Veja quem são as primeiras na lista de convocadas para a seleção

As centrais Adenízia, Bia, Mayany, Carol e Carol Gattaz, as levantadoras Macris, Dani Lins e Roberta, as líberos Camila Brait e Nyeme, as ponteiras Fernanda Garay, Natália e Ana Cristina, as opostas Tandara e Lorenne e a ponteira/oposta Rosamaria apareceram nas primeiras listas de convocadas e já começaram os trabalhos em Saquarema (RJ), juntamente com as convidadas, as centrais Lorena e Diana e a ponteira Karina.



Neste ano olímpico, as seleções brasileiras têm como primeiro compromisso a Liga das Nações, que vai acontecer em sistema de bolha, na cidade de Rimini, na Itália. A competição será de 25 de maio a 20 de junho para as equipes femininas, e de 28 de maio a 23 de junho para as masculinas.

 

Mais um reforço:

Nesta sexta-feira (16.04), a oposta Sheilla na terceira convocação do ano olímpico. A bicampeã olímpica se apresentará na próxima segunda-feira (19.04) no Centro De Desenvolvimento De Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

 

Fonte: Olimpiadas Todo dia



O Taubaté Funvic é Bicampeão da Superliga 2020/21

O Taubaté Funvic  não tomou conhecimento do Minas Tênis Clube e faturou o tão desejado título da Superliga 20/21 masculina de vôlei. Aliás, o bicampeonato, visto que o time tinha levado o troféu na temporada 2018/2019. Um 3 a 0 (25/20, 25/22 e 25/17) arrasador e irretocável, com show de Bruninho e companhia no CDV, em Saquarema (RJ).




Como foi o jogo?

FINAL – Primeira rodada

14.04 (QUARTA-FEIRA) – EMS Taubaté Funvic (SP) 3 x 2 Minas Tênis Clube (MG), em Saquarema (RJ) – (25/18, 22/25, 23/25, 25/16 e 15/11)

Segunda rodada

16.04 (SEXTA-FEIRA) – Minas Tênis Clube (MG) x EMS Taubaté Funvic (SP) no CDV, em Saquarema (RJ) – (25/20, 25/22 e 25/17)

O jogo começou com as duas equipes virando no ataque e sem que nenhuma delas abrisse vantagem. William abusava de Honorato, enquanto Bruninho foi de Maurício Borges. Mas o saque de Taubaté começou a fazer um estrago enorme na recepção adversária e o time paulista conseguiu uma pequena vantagem. O Minas seguia de perto. Contudo, nos pontos finais, erros bobos permitiram que o Taubaté saísse na frente.




O jogo seguia lá e cá na segunda parcial, até que o lance da partida deu uma moral enorme. Bruninho salvou uma bola do outro lado da rede, Maique errou a recepção e Maurício Borges matou um ponto improvável. Daí em diante, o Taubaté desandou a fazer aces, a bloquear Escobar e foi abrindo vantagem. O desânimo era visível do lado mineiro e set foi embora. Destaque para Gabriel Cândido, que entrou no lugar de Felipe Roque e não saiu mais.

o Taubaté fez 5 a 0 no terceiro set. Era claro que o Minas estava entregue em quadra, que não teria como reagir.

Escobar, muito estava muito apagado, até foi substituído por Paulo. Mas o time paulista seguia rumo ao título. Douglas Souza e Maurício Borges eram certeza de colocar a bola no chão.

Taubaté foi empilhando pontos e fechou com um contundente 25 a 17!




Scroll to top
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detectado!!!

Desabilite o seu bloqueador de anúncios e atualiuze a página

Powered By
100% Free SEO Tools - Tool Kits PRO