Central Lara destaca 2021 como ano de aprendizados

A central Lara começou o ano conquistando o primeiro título na Superliga feminina de vôlei, com a camisa do Itambé/Minas, e termina como uma das melhores bloqueadoras da atual edição da competição defendendo as cores do Fluminense. Aos 32 anos, ela voltou a jogar pelo tricolor carioca após duas temporadas e com o papel de líder do jovem time.

“Foi um ano de muitos aprendizados. Fui campeã da Superliga com um clube que me ensinou muito, me fez amadurecer em vários aspectos profissionais. Voltei para o Fluminense, com o qual me identifico, jogando de titular, tendo mais responsabilidade”, disse Lara. “Espero que 2022 seja de muito trabalho, que eu conquiste minhas metas e objetivos juntos com as minhas companheiras de time. Que a gente surpreenda e alcance coisas incríveis”, afirmou a central.

Fonte: Olimpíadas Todo dia

error: Ops! Você não pode copiar esse conteúdo.