Brasil estreia no Mundial sub-20 feminino nesta sexta-feira 09/07

O Brasil vai ao Mundial com as levantadoras Maria Clara Albrecht Carvalhaes e Isis Simonetti; as centrais Kátia Larissa da Silva, Lívia Lima e Emilly da Silva Nunes; as ponteiras/opostas Emanuelle de Moura, Stephany Morete, Ana Luiza Rüdiger, Ana Cecília Lopes, Marcelle de Arruda e Carolina Grossi; e a líbero Letícia Moura.

 

 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE JOGOS AO VIVO MUNDIAL SUB-20 FEMININO

Grupo A – BRASIL, Argentina, Holanda e Ruanda

Grupo B – Bélgica, República Dominicana, Sérvia e Porto Rico

Grupo C – Rússia, Turquia, Estados Unidos e Tailândia

Grupo D – Itália, Bielorússia, Polônia e Egito

TABELA DO BRASIL

09.07 (SEXTA-FEIRA) BRASIL x Argentina – às 9h30 (hora de Brasília)

10.07 (SÁBADO) BRASIL x Ruanda – às 9h30 (hora de Brasília)

11.07 (DOMINGO) BRASIL x Holanda – às 17h (hora de Brasília)

 

 

Confira o elenco do Brasil no Campeonato Mundial sub-20:
1 – Rose Evaristo – levantadora – 1,75m – 18 anos
3 – Laura Kudiess – central – 1,88m – 18 anos
4 – Júlia Kudiess – central – 1,89m – 16 anos
6 – Julia Bergmann – ponteira – 1,96m – 18 anos
7 – Daniela Seibt – central – 1,90m – 19 anos
8 – Jheovana Sebastião – oposta – 1,94m – 18 anos
9 – Kisy Nascimento – oposta – 1,90m – 19 anos
10 – Tainara Santos – ponteira – 1,90m – 19 anos
11 – Mayara Barcelos – ponteira – 1,82m – 18 anos
13 – Kenya Malachias – levantadora – 1,85m – 18 anos
18 – Ana Cristina Menezes – ponteira – 1,92m – 15 anos
20 – Letícia Moura – líbero – 1,59m – 16 anos

 

Confira a programação do Volei feminino nas Olimpíadas de Tóquio 2021




Seleção Sub-20 é deportada da Bélgica, diz jornalista; CBV desmente

Sem vacina e ilegalmente presente no país, a Seleção Brasileira Sub-20 de vôlei precisou deixar a Bélgica. A equipe  que cortou Istefani e Jaque com Covid-19, ainda em Saquarema  teve que viajar imediatamente para Rotterdam, na Holanda. As informações são do “Blog do Voloch”, do jornal O Tempo.

As jogadoras contaminadas foram cortadas às vésperas da viagem da Seleção, no dia 30. O jornalista Bruno Voloch ainda informa que, após o corte, a equipe viajou para Lisboa, em Portugal, e depois para Bruxelas, na Bélgica, onde teria desembarcado sem autorização legal.

Fonte: esportenewsmundo

Confira a programação do Volei feminino nas Olimpíadas de Tóquio 2021