Tóquio 2020: Seleção brasileira já sabe quem terá que enfrentar

Comandadas pelo técnico José Roberto Guimarães, seleção brasileira enfrentará Coréia do Sul, Bulgária e México.
Na corrida olímpica, as brasileiras já conhecem as equipes que terão de enfrentar para conseguir se classificar para Tóquio 2020. Pelo sorteio dos grupos definidos pela FIVB, e pelo ranking de 2018 da entidade do voleibol mundial, o Brasil disputará contra a Coréia do Sul, Bulgária e México, em jogos de ida e volta nos respectivos países. O campeão do grupo se garante nos jogos olímpicos.



Somente 12 seleções se classificarão para as olimpíadas de 2020, mas há 11 vagas em disputa, já que o anfitrião Japão está classificado. Pelo ranking da FIVB, 24 seleções vão disputar 6 vagas em 6 pré-olímpicos.
Passado o período pré-olímpico mundial, as seleções que não se classificarem terão uma última chance de chegar às olimpíadas. Os pré-olímpicos continentais promovidos por AVC (Ásia), CAVB (África), CEV (Europa), CSV (América do Sul) e Norceca (América do Norte e Central).




Esses torneios devem acontecer em janeiro de 2020 e serão cinco vagas disponíveis. Quem vencer, tem vaga garantida para Tóquio 2020. As seleções já classificadas nos pré-olímpicos mundiais não participam dos torneios continentais.




Veja os grupos do pré-olímpico feminino:
Grupo A: Sérvia, Turquia, Porto Rico e República Checa
Grupo B: China, Argentina, Tailândia e Cazaquistão
Grupo C: Estados Unidos, República Dominicana, Alemanha e Azerbaijão
Grupo D: Brasil, Coreia do Sul, Bulgária e México
Grupo E: Rússia, Itália, Camarões e Quênia
Grupo F: Japão*, Holanda, Canadá e Bélgica
* Já está classificado por ser o anfitrião